sábado, 24 de outubro de 2009

Este blog está fazendo um ano. Confesso que comecei mais tímida do que sou, além de ignorante de pai, mãe e adjacências na blogosfera. Não que tenha melhorado, mas o fazer foi tirando aos poucos o verniz da miopia.
Inicialmente a finalidade era apenas divulgar meu trabalho. Hoje vejo que também foi pela necessidade de falar, falar e falar. De assuntos que nos competem (a todos) e que não consigo discutir, seja pela radicalidade dos circunstantes, seja pela falta de saco que às vezes me acomete.
Gosto de registrar aqui alguns comentários meus ou não (principalmente ou não) sobre assuntos que me interessam.
Se por acaso alguém passar por esse caminho e quiser montar na minha vassoura, seja bem vindo. Se quiser discutir o assunto, melhor ainda.
O objetivo mesmo, é misturar as opiniões no caldeirão e fazer um caldo de liberdade temperado com asas de borboletas multicores a ser servido a bordo e voando em direção ao tudo ou ao nada.
Obrigada a todos os que por esse meio me mostraram mais caminhos, seja por novos poetas, novos autores, novos pensadores. Obrigada aos que me incentivaram com seus comentários positivos ou negativos, pois estes, se delicados, somam muito.
Um beijo, outro, tchau.
Acrílica sobre tela 0,20x0,20
Trabalho e foto I.Moniz Pacheco

7 comentários:

Edu O. disse...

Eu, fã número um desde o príncipio, quando o verbo ainda era tinta.

Chorik disse...

Parabéns, vida longa ao blog e eterna à sua arte.

Bernardo Guimarães disse...

seu blog vale por dois; além dos textos ótimos, deliciamos seu trabalhos lindos, vivos, fortes, retos, cheios de verdade.
bj.
ps.: vera quer marcar uma macarronada!

Bípede Falante disse...

Parabéns!!!! O seu blog tem muita vida.

Sergio Storino disse...

Parabéns pelo aniversário do blog!!!

Nílson disse...

Esse seu blog é muito bom. E surpreendente, sempre! Parabéns, Ivonete!!!

Janaina Amado disse...

Parabéns, Ivonete - gosto muito do seu blog, me sinto em casa, à vontade, aqui. Por meio dele, comecei a conhecer também seus trabalhos. Não pare, viu? :-))