segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Não sou chegada a Natal. Acho por demais triste e falsas as festas. A alegria dos preparativos faz parte do meu passado. Os presentes ( e eu sempre ganho) são recebidos com a maior semgracice do mundo.
Este ano estou recebendo a visita da minha irmã de quem gosto muito e sua família: filhos e netos prá passarmos uns dias juntos. Essa alegria me faz esquecer um pouco a tristeza do Papai Noel e a animação um pouco artificial dessas datas.
De todo modo tenho algumas coisas a comemorar: Maria, Chorik, alguns progressos pessoais, o conhecimento dos e-amigos, etc. etc.
Vamos esperar 2010 !
Foto e trabalho I.Moniz Pacheco
Acrílica sobre tela 0,30x0,80

13 comentários:

maria guimarães sampaio disse...

e sua participação nos encontros de mesmo dos é-amigos.
Beijos para ti e tout la famille, grata pela comemorações por mim.

Edu O. disse...

Tia, sempre gostei dessa época, não sei explicar. Comemoro as alegrias do ano levando-as para o que vem, procurando deixar as tristezas no que passou. beijo grande.

Carol M. disse...

tia ivoneeete!

hahauhauha
cheguei! =3)

eu tb acho natal meio triste e meio superficial, além de um pouco americanizada demais pro meu gosto.

rola até aquela resenha de que na época dos festejos natalinos o número de suicídios aumenta por causa do desespero do povo!

maaaas, por outro lado, acho super válido esse negócio de reunir a família, comer comida gostosa e ganhar presente! hahahahaaha

adorei o blog! ainda to lendo os posts antigos! =P

beijããão

Carol M. disse...

tudo bem que não tem nada a ver com o post, mas veja essa vídeo!
que negócio bem feito. esses japoneses, sei não...


http://www.youtube.com/watch?v=v33CVuwFDJg

Janaina Amado disse...

Ivonete, esta e-amiga aqui, que já está virando de carne e osso, deixa um abraço afetuoso e um agradecimento pela sua arte, que conheci este ano. No enredosetramas, postei um conto que, acho, traz essências de natal.

Bípede Falante disse...

Entendo perfeitamente os seus sentimentos... Essa época acentua as contradições e mesquinharias humanas.
Mudando de assunto, posso colocar, um dia, um quadro seu no meu blog?

Chorik disse...

Grato Ivonete.
Sabe, não tenho a pretensão de ensinar, mas compartilhar contigo uma impressão. O que vale a pena no Natal é a companhia de pessoas queridas. O que nos é possível em muitos outros dias, mas nem sempre damos valor a isso.

Chorik disse...

Ah! Feliz Natal! rs

Bernardo Guimarães disse...

cumadi:
a macarronada não foi esquecida, só adiada prumode estas festas que compartilho a antipatia com vc.
bj.
ps: a palavra de hoje tem a ver:
dievo
( mas não nego )

I.Moniz Pacheco disse...

Maria,
Esse sonho vai dar...
Du,
Fico mais melancólica do que de hábito, mas acho legal quem gosta e curte.
Loló,
Finalmente voce por aqui, que bom, esteja à vontade pra dizer o que quiser, voce mora no meu coração.
Janaína,
Que bom ter voce como e-amiga (por enquanto) e receber seus comentários recheados de sensibilidade.
Bípede,
Obrigada, de novo. Pode sim, mas deixe assentar a poeira dessas festas. Estou com mais 8 pessoas em casa, muito alegre porém tonta, tonta. Escolheremos juntas e voce posta. Vai ser legal!
Chorik,
Entendo perfeitamente. Gosto do seu modo de colocar as coisas. Obrigada, vou pensar nisso, prometo.
Bernardo,
Vamos ´marcar a macarronada lá prá diante. Agora estou apertada de costura.
BOAS FESTAS PARA TODO MUNDO!

Nilson disse...

Para além do Natal e do reveion, o amor e a amizade. Acho que é isso!

Lucia Alfaya disse...

Um 2010 maravilhoso para você também! Que ele venha com tudo que temos direito e um pouco mais. Quando retornaremos ao ateliê de Edson?

aeronauta disse...

Oi, Ivonete, também acho essas festas tão sem graça...
Estou aqui pra agradecer suas visitas, sempre tão generosas, e principalmente para lhe desejar felicidades nesse 2010. Um grande abraço.