quarta-feira, 29 de setembro de 2010


Minha vida
é um barco
com velas sempre enfunadas
rumo ao próximo
horizonte
onde nada me espera
nem cá!
Foto I.Moniz Pacheco
Barra Grande - Baía de Camamu

14 comentários:

Lucia Alfaya disse...

Se nada nos espera, nem aqui nem lá, também não precisamos esperar por nada. Tem retrato mais preciso da liberdade?

Bípede Falante disse...

Ivonete, a sua vida é feita de cores do preto ao branco, você é feita de inspiração, talento e afeto, de coragem e experiência, de sabedoria e poesia e a gente vai se construindo ao ler as suas palavras e ao apreciar as suas imagens :)
beijo.

Chorik disse...

Belíssima foto. Bons ventos a trouxeram para mim, mas teu barco há de conhecer outros ancoradouros mais necessitados do que eu.

Bernardo Guimarães disse...

o que importa, comadre, é bordejar!

Nilson disse...

Sábios e belos versos, Ivonete! E que foto! E que lugar! ADORO a Baía de Camamu!!!

aeronauta disse...

Também me sinto assim, Ivonete. Saudades daqui, saudades de você.

Anônimo disse...

Ives entendo seu momento tambem me sinto as vezes assim. Mas navegar é preciso.beijos

Anônimo disse...

Ives mesmo que pensemos que o novo horizonte nada nos espera, com certeza terá um sol a brilhar. bjs. Dirla

Moniz Fiappo disse...

Lucia,
Tem coisa melhor do que a liberdade?

Moniz Fiappo disse...

Bípede,
Voce sempre presente e sempre muito gentil. Obrigada pelas palavras animadoras e pelos elogios.

Moniz Fiappo disse...

Chorik,
Esse lugar é realmente um dos meus preferidos, já que sou apaixonada pelo mar.É calmo e belíssimo.
Já meu barco, anda bordejando por aí, procurando um porto.

Moniz Fiappo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Moniz Fiappo disse...

Bernardo, Nilson e Aero,
Estou bordejando, pena que ainda não é na bela baía de Camamu.
Saudades de voces.

Moniz Fiappo disse...

Alice e Dirla,
Obrigada pela visita. Finalmente pudemos nos comunicar por aquí. Voltem sempre que quiserem e deixem um recadinho para mim.
Adorei.