quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Tenho andado ausente, sem postagens, sem visitas aos blogs amigos, sem ânimo. Perdí de novo. Há uns dias atrás perdí uma cunhada, amiga, pessoa muito íntima e querida, o que me deixou novamente sem chão. Sei que isso é da vida, que todos estamos na fila, uma hora chegará a nossa vez, etc, etc, etc. Mas, quando se perde alguém querido, os primeiros dias são terríveis. Ainda estou fora do ar. Certamente o tempo se encarregará de diminuir essa ausência física, transformando essa grande tristeza em saudade.

7 comentários:

Bípede Falante disse...

Ivonete, sinto muito a sua perda e a sua dor. Espero que você consiga se reestabelecer logo. Grande beijo.

aeronauta disse...

Também sinto muito, Ivonete. Fique em paz, e volte com toda a força para nós. Abraços.

Lucia Alfaya disse...

Estou do seu lado e também na chegada, esperando que a dor se transforme em saudade e a alegria volte na forma do riso largo que a caracteriza, sem pressa, no seu tempo e conforme a sua necessidade.
Bjs
Lúcia

Chorik disse...

Lamento Ivonete. Por mais conhecimento que tenhamos nunca é suficiente para abrandar a dor dos amigos que vão na frente.
Força.
Abraços

Bípede Falante disse...

Só para deixar um abraço bem apertado :)

Moniz Fiappo disse...

Aos amigos,
Bípede, Aeronauta, Lucia, Chorik,

Obrigada pelo carinho, pelas palavras de consolo. Numa hora como essa é fundamental contar com amizade.
Obrigada mesmo, de coração.

Nilson disse...

Ivonete, um abraço!